Problemas comuns

O que é a síndrome do pronador redondo?

O pronador redondo é um músculo que fica localizado na região do antebraço (ele passa “cruzado” nessa área do braço, abaixo do cotovelo). Graças ao músculo, é possível realizar o movimento de pronação das mãos, ou seja, rotacionar a mão para dentro, na direção do próprio corpo, com a palma virada para o chão. Outras diversas estruturas também estão nessa mesma área do músculo pronador do redondo, caso do nervo mediano que está presente em boa parte da mão/dedos e antebraço.

Mas, qual a relação entre essas duas estruturas e a síndrome do pronador redondo? Basicamente, a síndrome ocorre quando, por algum motivo, o músculo pronador redondo pressiona o nervo mediano. Por isso, a síndrome compressiva se caracteriza como uma neuropatia – doença que atinge o sistema nervoso/nervo.

O maior problema da síndrome do pronador redondo é que, com o passar do tempo, a compressão do nervo mediano vai incapacitando o paciente. As atividades mais básicas do dia a dia, como fechar uma torneira ou virar a maçaneta da porta, vão se tornando cada vez mais difíceis de serem realizadas.

Quais as causas?

A causa mais comum da síndrome do pronador redondo é a lesão por esforço repetitivo (LER). Esse tipo de condição se dá pela repetição constante dos movimentos de pronação, especialmente por eles serem normalmente realizados sem preparação e de maneira incorreta.

Esse tipo de lesão aparece com frequência em alguns profissionais. Mecânicos, marceneiros e encanadores são exemplos de trabalhadores que podem desenvolver a síndrome com o passar do tempo, por conta dos movimentos constantes. Nesses casos, além de ser caracterizada como LER, a condição também é denominada como DORT, um distúrbio osteomolecular relacionado ao trabalho.

A síndrome do pronador redondo também pode ser resultado de atividades físicas (em atletas amadores e profissionais) e de movimentos repetitivos realizados por músicos instrumentistas.

Sintomas e diagnóstico

Os sintomas da síndrome do pronador redondo englobam formigamento nas mãos e dedos, dificuldade para realizar o movimento de pronação, dor no antebraço (na parte de dentro), além de perda de destreza na hora de fazer o movimento de pinça com os dedos indicador e polegar.

O conjunto de sintomas da síndrome do pronador redondo é muio semelhante ao da síndrome do túnel do carpo. Por isso, antes de finalizar o diagnóstico, o médico especialista deve realizar, além de exames físicos, exames complementares (como ultrassonografia e eletroneuromiografia) a fim de se certificar da região onde o nervo mediano está sendo comprimido.

Tratamento

Em geral, a primeira opção de tratamento para a síndrome do pronador redondo é convencional. Isso quer dizer que os médicos irão tentar melhorar o quadro sem a necessidade de intervenção cirúrgica ou qualquer outra ação mais invasiva.

A fisioterapia é uma das medidas mais recomendadas para tratar a síndrome. Ela tem o objetivo de aliviar a dor do paciente e fortalecer a região afetada. No período de tratamento, o fisioterapeuta também vai ensinar o paciente como realizar os movimentos da região de maneira correta, a fim de evitar episódios futuros.

O médico especialista também costuma prescrever medicamentos para ajudar no alívio da dor e anti-inflamatórios, dependendo do caso.

Apesar de ser bastante raro, casos muito extremos podem ser encaminhados para a cirurgia. O objetivo desse tipo de intervenção é descomprimir o nervo mediano. Como todo tipo de procedimento cirúrgico, existem riscos e a necessidade de seguir estritamente as recomendações médicas de pós-operatório, além de também realizar as sessões de fisioterapia.

Prevenção

Para quem trabalha, se exercita ou realiza qualquer atividade que caracterize um fator de risco para o desenvolvimento da síndrome do pronador redondo a dica é: procure um médico ortopedista e um fisioterapeuta. Eles poderão indicar uma rotina de exercícios, principalmente alongamentos, que vão ajudar a evitar que a condição apareça.

Menu - Problemas comuns

Consultório - Cotia, SP

Avenida Santo Antônio, 53
Tel: 4616-0406


Consultório - São Paulo, SP

Rua Conselheiro Brotero, 1505
Conjunto 31, 8º Andar
Tel: 3375-6581
Nextel: 94765-3990